Vereadora Cláudia Lima pede segurança na AC40

Em sessão ordinária, a 1ª secretária do poder legislativo municipal de Senador Guiomard, vereadora Cláudia, apresentou a indicação nº 97/2019, para que o órgão do poder executivo estadual – Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do Acre (DERACRE), possa remover o quebra-molas na Ac40 próximo ao Balneáreo Top 15.

De acordo com a parlamentar, durante o período noturno, bandidos tem se aproveitado da redução de velocidade dos veículos devido o quebra-molas, e realizados assaltos e furtos. Os moradores da região, membros da igreja local próximo, e outros transeuntes, reclamaram a vereadora, que isso tem sido constante, assim, visando reduzir esse tipo de ação dos bandidos e melhorando a segurança para todos que passam pelo local, sugere que o quebra-mola seja retirado, se for possível, bem como, requer que o Estado tome as providências de limpar as margens da rodovia, que hoje, o mato está muito alto, virando um esconderijo para pessoas mal intencionadas.

“Meu pedido é simples, e espero que possa ser atendido, obviamente dentro da legalidade, acredito que reduzirá os assaltos aos motoristas e suas famílias, dando uma sensação melhor de segurança”, salienta a professora Cláudia.
 Ainda na sessão, a parlamentar fez um pedido, que os Secretários Municipais da Gestão do Prefeito em exercício, Gilson Pessoa (no momento ex-vereador), quando convidados pelo legislativo, compareçam a sessão para prestar os esclarecimentos necessários aos vereadores. Aqui é a casa do povo, onde fiscalizamos a ação do legislativo, aqui as coisas precisam ser esclarecidas para que a população seja informada de forma adequada, podemos afirmar que os secretários não serão constrangidos, e não adotaremos medidas não republicanas, apenas queremos os fatos bem esclarecidas perante a população. Lembro que as sessões são transmitidas ao vivo pelo facebook.
 A vereadora se posicionou sobre o monitoramento eletrônico, assunto comentado há alguns dias pela imprensa local e parlamento, diz que é a favor do reforço da segurança nas escolas, em prol das crianças e das famílias, elogiou o monitoramento eletrônico, mas pede que os vigias continuem o trabalho que vêm realizando em prol da segurança e integridade física das pessoas, tendo o monitoramento eletrônico apenas como apoio, não como principal, até para evitar dispensa de terceirizados/contratados.
Por ser professora, reconhece o esforço do atual Secretário de Educação do município, e o defende. A parlamentar disse que fica triste com as acusações que o Secretário de Educação vêm recebendo, são acusações graves, que pode chegar a mesa de um juiz. E ressalta, que o monitoramento está sendo utilizado para ampliar a sensação de segurança de todo o corpo docente e discentes na rede municipal de ensino.

Documento

Indicação nº 97/2019