Connect with us

COLUNAS

O incômodo do aprendiz de ditador do movimento sindical do Quinari

Published

on

Quem anda incomodado com as verdades que são ditas no grupo do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Quinari é o ex-vereador Alcy Brito, que anunciou que pretende acabar com o grupo no aplicativo de mensagens, silenciando assim a voz das pessoas críticas e inteligentes que não entram na onda dele e da marionete que atualmente conduz o Sinteac local.

O ex-vereador que respondeu junto ao Tribunal de Contas por pagamento imorais da antiga verba indenizatória dos vereadores ameaçou principalmente o sindicalista Martinho, que se levanta contra a manipulação de Luiz Carlos, Helena Pereira e seu ex-esposo Alcy Brito, que tenta fazer a gestão do SINTEAC local.

A categoria da educação do Quinari evoluiu ao ponto de saber que a Prefeitura opera acima dos limites estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal e que a proposta do PCCR debatida na surdina pelos “inteligentes” não passa de um sonho, no entanto compreendem que o pagamento de um vale alimentação, que não seja retirado logo adiante é a medida que se impõe, para que o movimento não venham apenas enxugar gelo.

Inúmeros trabalhadores que foram consultados sobre a posição do aprendiz de ditador, na qual as pessoas fogem para não conversar com ele, não aprovam a atitude. Teve trabalhador que disse, que para acabar com o grupo no aplicativo de mensagens, será necessário votar na Assembleia Geral.

A nossa reportagem procurou o citado como aprendiz de ditador nesta reportagem, porém ele não foi localizado onde supostamente deveria prestar seus serviços. Confira:

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *