Sinteac diz que articulação isolada para reajuste de diretores de escola não consta em sua proposta

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre – SINTEAC, núcleo de Senador Guiomard informou na manhã desta sexta-feira (09) que a proposta de reajuste apenas para a categoria de diretor de escola não está na pauta da negociação que tratou com o Prefeito André Maia.

Uma nota que circulou pelos grupos informou que os diretores faziam um movimento paralelo para que um reajuste fosse concedido para os mesmos e que esse debate estava sendo travado por eles nos bastidores.

A nossa reportagem ouviu o diretor Antônio Cláudio Azevedo, ele afirmou que o reajuste era coisa da cabeça de alguém, no entanto disse que desejam que o prefeito cumpra uma lei aprovada pela câmara e sancionada no ano passado.

A foto compartilhada nas redes sociais pelos gestores escolares na qual dizem que estavam discutindo políticas educacionais.

A referida lei já foi suspensa pelo Tribunal de Contas do Acre e posteriormente pelo Tribunal de Justiça do Acre, em ação civil movida pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação para o cumprimento do percentual, fato derrubado pelo Tribunal de Justiça.

A presidente do Sinteac Duce Barbosa informou que a proposta foi levada ao prefeito. E que estão aguardando uma posição oficial. A vice-presidente professora Lúcia Ribeiro afirmou que está acompanhando de perto as movimentações.

A reportagem procurou a Secretaria Municipal de Educação. A Secretária Márcia Silva informou que até o momento, aguarda um estudo de impacto financeiro na folha e novas reuniões com o prefeito para decidir como procederá nessa reivindicação do Sinteac.