Mailza Gomes garante verbas para investimento em segurança pública

Mailza também reiterou já ter solicitado uma reunião com Bolsonaro junto com a bancada federal para pedir a inclusão do Acre no projeto anti-crime do Ministério da Justiça.

A senadora Mailza Gomes (Progressistas-AC) participou na sexta-feira (23) de uma audiência pública em Brasileia para discutir e buscar soluções para os desafios da segurança pública na região da fronteira. Na reunião, a parlamentar destacou que vai enviar emendas no valor de R$ 1 milhão para a segurança pública em Brasiléia, Epitaciolândia e Assis Brasil.

A audiência promovida pela Câmara Municipal de Brasiléia foi proposta pelo vereador Mário Jorge Fiescal, do MDB, de Brasiléia cujo pedido foi motivado por reivindicações da população devido o crescimento da violência na região de fronteira nos últimos meses, com a ocorrência de diversos crimes, entre os quais roubos seguidos de morte nas zonas rurais de Brasiléia e Epitaciolândia.

A senadora Mailza enfatizou a importância de estar debatendo segurança com toda comunidade. “Essa integração da Segurança Pública, órgãos competentes, comandantes gerais do estado, Ministério Público,  parlamentares e a comunidade para traçarmos uma política eficaz de segurança pública é necessária. Juntos somos fortes e podemos levar mais tranquilidade a todos. Nosso governador Gladson Cameli, inclusive, tem sido sensível à esse problema e também está investindo na segurança para mudar essa realidade. Nossa população merece cidades e fronteiras seguras”, destacou a parlamentar.

Participam os prefeitos Tião Flores, Fernanda Hassem e Ubiracy Vasconcelos, de Epitaciolândia, Brasiléia e Xapuri, respectivamente. O delegado Leonardo Pires dos Santos, da Polícia Federal de Epitaciolândia, o juiz Gustavo Sirena, representando o Tribunal de Justiça do Acre; tenente Queiróz, representando o 4° Batalhão de Infantaria e Selva e a major Ana Cassia, comandante do 10° Batalhão da PM em Brasiléia e os deputados estaduais Cadmiel Bonfim e Maria Antônia e Coronel Ulysses representando o secretário de Segurança Pública Estadual. Estiveram presentes ainda vereadores, representantes de entidades, associações, empresários e a comunidade e familiares do senhor Mundico, vítima de latrocínio em sua fazenda.