Connect with us

Notícias

Gilson da Funerária e Dr. Deison visitam empreendimento e garantem melhorias para área rural

Published

on

O vereador Gilson da Funerária e o Médico Deison, pré-candidatos à Prefeitura de Senador Guiomard, estiveram no final de semana em visita à Queijaria Extra, localizada no Ramal do 39, estrada Limeira, zona rural , em debate com o proprietário do empreendimento e produtores de lei.

A visita ao Laticínio Extra teve como objetivo realizar uma reunião de ouvidoria do plano de gestão para o município guiomarense. A empresa gera 26 empregos diretos na região com produtos derivados do leite como queijo, manteiga, requeijão e leite. O potencial produtivo do entorno gira em torno da Bacia leiteira. As lideranças do Solidariedade foram recebidas pelo empresário Senhor Franciele, que relatou as dificuldades do empreendimento no acesso dos ramais.

Com Gilson e Deison esteve o pré-candidato a vereador e produtor de leite Gilson do T. Na conversa entre as lideranças surgiu a ideia por parte do pré-candidato, em ampliar a compra antecipada da merenda escolar, incluindo os produtos de laticínio da região do Quinari.

-Aqui vocês estão observando, que é possível fazer uma gestão séria ajudando o homem do campo. Somente aqui são mais de 26 empregos diretos gerados. E o poder público muitas vezes não faz o mínimo que é melhorar o ramal. Eu comecei no meu período de 8 meses a comprar merenda da agricultura familiar. Agora tendo uma chance de trabalhar pelo povo, vou inserir o leite, ou seja vou comprar produtos de laticínios da região para a merenda escolar, assegurou Gilson da Funerária.

O pré-candidato a Prefeito ainda garantiu que pretende em parceria com o Governo do Estado fazer um grande plano de recuperação de ramais, uma vez que no município são mais de 1.500 km em extensão de ramais. Na região onde se encontra localizado o laticínio, também a produção de hortaliças e outros produtos que abastecem o mercado municipal.

Sobre a aquisição de produtos da Agricultura Familiar

A Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, determina que no mínimo 30% do valor repassado a estados, municípios e Distrito Federal pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) deve ser utilizado na compra de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações, priorizando-se os assentamentos da reforma agrária, as comunidades tradicionais indígenas e as comunidades quilombolas. A aquisição dos produtos da Agricultura Familiar poderá ser realizada por meio da Chamada Pública, dispensando-se, nesse caso, o procedimento licitatório.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *