Deputado Jairo Carvalho pede providências do Estado no combate ao crime

O deputado Jairo Carvalho (PSD) falou sobre segurança pública durante a sessão desta quarta-feira (30). Jairo comentou um assalto a um comerciante ocorrido em Senador Guiomard, na tarde da última terça-feira (29). O deputado lamentou o fato e pediu providências urgentes e o endurecimento das leis, no plano nacional, para coibir a prática.

“Mais uma vez eu venho a esta tribuna demonstrar a minha indignação com a falta de segurança no Acre. Nós estamos reféns de uma violência desenfreada instalada no Acre. Lá em Senador Guiomard, no interior do Estado, tivemos dois assaltos. Um pela manhã, às 9 horas. Renderam o dono de uma moto. E outro à tarde, às 16 horas, assaltaram o senhor João Crisóstomo. A violência não é mais só da capital, se estendeu por todo o Estado. Eu trago o desabafo de um empresário, que há mais de 40 anos gera empregos no Acre. Ele gera emprego, mas está refém, não tem segurança. Dois homens armados entraram no comércio dele, chutaram uma mulher grávida, agrediram funcionários. Não podemos nos calar nobre deputados. Estamos vivendo um terror no nosso Estado. Uma cidade de muros baixos”, disse o parlamentar.

Jairo Carvalho culpou as administrações petistas pelo caos na Segurança Pública, não somente no Acre, mas no país. Ele acredita que o Estatuto do Desarmamento colaborou para a onda crescente de violência. “O Acre é um Estado novo e estamos vivendo uma guerra. O sistema de Segurança Pública está falido. Pelo menos 50% do que está acontecendo é culpa do PT, que está há 20 anos na administração deste Estado e do país. Criaram o Estatuto do Desarmamento, isso é uma covardia. Enquanto os nossos políticos desarmaram o cidadão de bem, eles armaram a bandidagem. Os bandidos estão aí assaltando e rendendo a nossa população”, disse o parlamentar.

O líder do PSD na Aleac disse ainda que manteve contato com o senador Sérgio Petecão, do seu partido, para que relate a situação em que vive o Acre na segurança pública, em pronunciamento na tribuna do Senado Federal. “Eu disse senador, fale pelo povo brasileiro. Desarmaram o cidadão de bem e a bandidagem toda armada. No Estado do Acre não temos Segurança. Não vemos uma medida. O que vemos é agente de trânsito multando. Multa por cima de multa. Os nossos comerciantes estão com medo porque não têm segurança. As nossas leis precisam mudar. Tem que mudar. Não tem lei a favor do cidadão de bem. No Rio de Janeiro já morreram mais de 100 policiais. Quando se mata um bandido aparece um bando de vagabundos com história de direitos humanos. Estamos reféns desse sistema falido de Segurança Pública”, completa.

Finalizando, Jairo Carvalho parabenizou o prefeito de Senador Guiomard, André Maia (PSD) pela administração que vem realizando no município. Ele citou pesquisa recente que aponta o gestor com 88% de aprovação popular. “Quero parabenizar o prefeito André Maia e toda a sua equipe. A operação tapa-buraco, reforma do estádio de futebol, os dentistas voltaram aos postos de saúde, tudo isso tem sido feito nessa administração. Que sirva de exemplo o trabalho que ele vem desenvolvendo pelo nosso Quinari. As coisas ruins não vão apagar as coisas boas, não vão tirar o nosso desejo por dias melhores”, finaliza.

José Pinheiro
Agência Aleac