Atualizada a Coluna de Olho em 27/04/2017

Sobre fakes e outros

Essa semana a vereadora irmã Chaguinha (PP) encontrou comigo na Câmara e perguntou: – Meu filho foi você que me desenhou em uma nota de três reais que está na internet? A resposta para a vereadora, foi que não nos ocuparíamos em fazer tal serviço, visto que a população do Quinari conhece quem é ingrato, quem não vale um real e quem não tem posição. Foi recomendado que ela procure a Polícia Civil e Federal para apurar a denúncia.

Um vereador que atira para todo lado

Na primeira tentativa o famigerado Magildo Lima (PP) pediu a carteira de jornalista. Na segunda tentativa tentou ensinar a editoria deste site como escrever e também como fotografar, tudo convertendo aos seus interesses. Todas as tentativas foram frustradas, pois no dia que o Portal Quinari se pautar, pelo sujeito pode se fechar o site e chamar o psiquiatra.

Sem moral

Nenhum daqueles parlamentares que deram discurso a favor de demitir concursado tem moral para debater serviço público. Na verdade, de nada adianta ter um mandato para locupletar as vaidades pessoais. O mandato é para lutar pelo povo, se for base que seja, se for oposição que seja, porém não se deve esquecer do que é obrigação para com a sociedade.

Equipe de trabalho

O prefeito André Maia (PSD) deverá fazer uma avaliação do seu governo, pelo menos 6 meses após ter dado posse aos seus secretários. A população espera que aquele que não produzir, pegue como diz o ditado popular um chute no traseiro.

Estratégia ultrapassada

Na política do Quinari, o maior incômodo parece ser as redes sociais. Na tribuna e nas reuniões só se fala delas. Ocorre “jovens” que vocês podem pautar tudo, menos a internet. A internet é livre. Acordem para o século 21. Utilizem de estratégias e sejam bem felizes.

Lei de acesso a informação

Não adianta a política ser ultrapassada, se a modernidade chegou. Se nega informação por um lado, a justiça dá por outro. Só não aprende se não quiser. E como ninguém nesse site é professor, espera-se que se apreenda.

Bem avaliadas

Na boca do povo e na avaliação do presidente da Câmara, as secretárias Márcia Silva da Educação e Dinha Carvalho de Saúde são as melhores. Resta saber se o Gilson vai dizer o nome dos piores.