Atualizada a Coluna de Olho em 15/01/2018

Vereador Gilson da Funerária -PP.
Almoço de domingo (14) com a família do vereador Gilson da Funerária.

Almoço de domingo e entrevista
Já era quase hora do almoço quando Gilson da Funerária (PROGRESSISTAS) liga e convida para um almoço. Claro que no almoço, a pauta não era outra se não política. Bem acompanhado de seus filhos e esposa, amigos e agregados passamos a conversar sobre alguns pontos abaixo.

Sobre 2017
Considerou ser um ano de aprendizado na câmara. “Aprendi muito com meus colegas e com a equipe técnica, temos a opção de fazer e não fazer na política, eu optei por fazer”.

Fazer o que?
Questionei o papel da Câmara em 2017. “Nós analisamos vários projetos, alguns eu seria contra, outros a favor, no entanto, a base em alguns momentos foi maioria, agora eu fiquei feliz quando derrubamos o aumento da taxa de iluminação pública, as coisas não são como algumas pessoas querem, tudo tem seus limites”.

Mandados de segurança
Gilson ganhou dois na justiça e perdeu um. “Agora mesmo nós ganhamos o segundo, o prefeito terá que fornecer o que os vereadores pedem, e eu vou atender o pedido de informação do Secretário de Comunicação no prazo que a advogada dele conseguiu, pois até o pedido contra mim, eles tiveram a capacidade de fazerem errado, e nós não temos o que esconder”.

Judson Costa vice-prefeito de Senador Guiomard.

Situação do vice-prefeito
Como o blog do Crica deu a notícia no domingo (14), o debate também girou em torno da decisão do vice não seguir o prefeito politicamente. “É uma boa notícia, pois nós e o Gladson Cameli ganhamos um grande aliado, ele tem competência e tá limpo na história toda, ele tá mantendo a postura dele pois foi eleito pela oposição, e com certeza o tempo vai mostrar que ele acertou”.

Catalan deixa o Progressistas
Questionei a saída de Jorge Catalan do partido. “Eu entendo a decisão do Jorge, ele é meu amigo e tá no pensamento de ser candidato a estadual, porém permanece na oposição, então continuamos juntos no cenário para o governo”.

Plenário da Câmara Municipal de Senador Guiomard.

Convivência com os vereadores
No início houveram muitas brigas. Você parecia bravo. “Não estava bravo, apenas estava imprimindo um ritmo de respeito ao meu trabalho e minha história, pois eu estou na política para ser diferente”.

Ataques do ex-prefeito Celso Ribeiro
Nos últimos dias você tem recebido ataques do ex-prefeito Celso Ribeiro. “Olha eu vejo que nosso mandato agrada e desagrada, pois não estou na câmara para ser puxa-saco de ninguém, você sabe que o Celso através da família dele vende combustíveis para atual gestão e eu já fiz algumas denúncias do uso de máquinas públicas que supostamente estavam atendendo aos interesses dele, então essa defesa e essa euforia de me atacar eu entendo, difícil é ser como eu, ter posição e se importar com o Quinari”. Concluiu.

Notas da edição especial da Coluna de Olho

André Maia é prefeito de Senador Guiomard.

Decisão de não seguir o Prefeito
A decisão do vice-prefeito Judson de não seguir o prefeito André Maia em provável apoio à Frente Popular ascende um sinal vermelho no grupo do prefeito. Significa que a coesão do palanque eleitoral se acabou e agora, se confirmada ambas as declarações será cada um por si.

Questionado sobre a decisão
O prefeito André Maia foi procurado para avaliar as declarações do vice. André disse que esta procurando alguém que possa lhe ajudar na gestão e melhorar o município. O prefeito não alfinetou o vice ou questionou a decisão do mesmo.

Vereador Pastor Uchoa – PSD.

Uchoa na obra
Falta a palavra final do deputado Jairo Carvalho na ida do vereador Uchoa para a Secretaria de Obras. Se acontecer Paulinho Miranda vai assumir o mandato de vereador. Penso que não há muito o que se questionar, o primeiro suplente teve os votos e o vereador quer a pasta, o prefeito parece-me que deseja nomear, então que os anjos digam amém.

Educação atuando
Se tem uma coisa que o ex-prefeito James Gomes precisa reconhecer é o erro de ter mantido secretários sem carisma nas pastas. Dentre eles, se destaca o Eudiran Carneiro que deixou recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola – PDDE serem bloqueados e a atual equipe conseguiu resolver as demandas. Não adianta dizer que não existiu, temos os relatórios das pendências e as notificações que mostram o período.

Ex-vereador Manoel Lima.

Quer ser diferente
O ex-secretário, ex-dono da verdade, ex-dono da moralidade Manoel Lima anunciou que vai de Marcus Alexandre para o Governo. O Manoel “tem muito peso” para anunciar apoio político a alguém. É só a frente colocar o Manoel com uma bandeira do Marcus para ver se perde ou ganha voto. O ex-secretário poderia aguardar a decisão do Prefeito, já que ele se diz ser um dos pensadores políticos da atual gestão, e não espera nem o seu líder político tomar a decisão de apoiar ou não o governo.