Connect with us

Gente e atualidade

Lançada a campanha Sinal Vermelho em Senador Guiomard

Published

on

Na manhã desta segunda-feira, 28, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres (SEASDHM), em parceria com a Secretaria de Justiça e de Segurança Pública (Sejusp), lançou a Campanha Sinal Vermelho em Senador Guiomard.

A campanha conta com a colaboração do Ministério Público e atende à lei estadual 3.736, que institui o programa de cooperação e Código Sinal Vermelho no estado. Com o intuito de capacitar funcionários de órgãos públicos e estabelecimentos como bares e farmácias no auxílio de vítimas de violência doméstica a mulheres que, ao mostrar um X vermelho na palma da mão, sinalizam uma denúncia silenciosa.

É recomendado que, após o discreto pedido de ajuda nos estabelecimentos, seja registrado o nome, telefone e endereço da vítima. Após o encaminhamento, o 190 é acionado e, caso a pessoa socorrida prefira, a polícia é contatada após a sua saída do estabelecimento.

A diretora de Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres da SEASDHM, Claire Cameli, expressa a preocupação do governo em diminuir os índices de violência: “Esta é uma ação de extrema importância, que deve ser levada a sério pela sociedade. O Estado tem se articulado como um todo, buscando promover essa política transversal, protegendo as mulheres e reduzindo os níveis de feminicídio no Acre”.

O Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim/AC) foi representado por sua presidente, Giovana Castelo Branco, que afirmou: “Essa ação de grande valia mostra a união necessária que deve ser feita para enfrentar as violências diárias. Com uma rede de proteção fortificada, as mulheres da nossa sociedade se sentirão assistidas e cada vez mais confiantes para denunciar casos de violência”.
OPM em Senador Guiomard

Claire Cameli também exaltou a prefeitura de Senador Guiomard, após participar de uma reunião com a prefeita Rosana Gomes, que em breve irá implementar um Organismo de Políticas para Mulheres (OPM), em que uma funcionária será designada para promover políticas públicas para as mulheres do município.

Os OPMs são órgãos da administração executiva, responsáveis pela execução de ações voltadas para garantir direitos, promoção de equidade e a igualdade de oportunidades entre todos os gêneros, além de incorporar as mulheres como sujeitos políticos.

Agência de Notícias do Acre

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *