Connect with us

Notícias

SD vê perseguição ao médico Deison Bandeira

Published

on

O médico Deison Bandeira foi desclassificado em um processo seletivo feito pela secretaria municipal de saúde do município de Senador Guiomard em plena pandemia de covid-19. Para o presidente do partido Solidariedade no município, a saída se deu “pela sua decisão política de ter se filiado em nosso Partido”, disse Gilson da Funerária.

Deison contou que vinha trabalhando normalmente até que o município decidiu pela realização do processo seletivo. “O contrato emergencial era renovado a cada três meses” disse o médico.

Ao lamentar a decisão de André Maia através da secretaria municipal de saúde, Deison afirma que o município interrompe um trabalho de qualidade e humanizado que vinha sendo realizado.

Uma gravação em áudio que circula pelo WhatsApp vazou. Um servidor do quadro da prefeitura afirma que a decisão de afastar o médico através de processo seletivo foi política. “Chegou a época política, é assim mesmo cada qual pra seu lado (…) Se o cara é adversário vai estar aqui do meu lado”, diz a gravação.

Procurada, a secretária municipal de saúde do município, Valdênia Alves Laurindo não foi encontrado para falar sobre o assunto.

O município já tem 11 casos confirmados de covid-19. Veja a Nota divulgada pelo vereador Gilson.

Nota de Solidariedade

O Diretório Municipal do Partido Solidariedade -SD em Senador Guiomard, através do seu Presidente, vereador Gilson da Funerária vem através desta manifestar sua gratidão e respeito pelo trabalho do Médico Dr. Deison ao município.

O Solidariedade entende que houve por parte do atual Prefeito, retaliação ao digno trabalho realizado pelo Médico Deison ao Quinari. Lamenta que o gestor tirano que dirige o município, o trate como se fosse a Prefeitura e Secretarias, sua propriedade particular.

Ao proceder de tal forma, prejudicando o Médico e outros profissionais pela sua decisão política de ter se filiado em nosso Partido, o Prefeito viola os princípios basilares da Administração Pública, qual seja da impessoalidade e moralidade, podendo ainda ser apurado crime de violação às normas do concurso público e responsabilidade quanto ao dever de zelo e probidade para com a municipalidade.

Acreditamos que o Quinari viverá um novo tempo, tempo esse de trabalho, de respeito e de gestão transparente e ética, voltada às pessoas que acreditam em
um tempo melhor.

É ainda de se estranhar e suspeitar a postura de um gestor que desvaloriza a indicação de parceria para instalação de Unidades de Terapia Intensiva – UTI, bem como que despreza em um momento de PANDEMIA, a contratação de um competente médico.

Reiteramos nosso apoio ao Dr. Deison. Reiteramos nossa luta em defesa de um Quinari melhor.

Senador Guiomard – AC, 07 de maio de 2020.

Vereador Gilson da Funerária
Presidente do Solidariedade

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *