Connect with us

Cotidiano

Prefeito André Maia manda abrir processo administrativo contra editor licenciado do Portal Quinari

Published

on

O prefeito André Maia determinou a abertura de procedimento administrativo contra o editor licenciado de Portal Quinari, jornalista Gilberto Moura, seu desafeto político, que trabalha como apoio administrativo em escola municipal do Quinari.

Maia fez publicar a portaria de número 330 de 08 de julho de 2020, formando comissão em face de Gilberto, tendo como objeto o suposto uso de automóvel no ano de 2019 para fins particulares quando ocupou o cargo de Secretário Municipal. Este mesmo fato já foi objeto julgamento  e arquivamento em 2019, através da Comissão de processo administrativo, formada em 2019, através da portaria 095/2019, publicada no DOE/AC.

Ao Portal Quinari, Gilberto Moura diz que se trata de uma perseguição e tentativa política de lhe intimidar. -Nós vamos responder ao procedimento administrativo, se é que ele existe informando da sua análise de mérito, posteriormente, vamos aguardar a decisão da comissão que tem seus membros suspeitos de atuarem contra mim e qualquer coisa vamos impetrar um mandado de segurança, pois soa estranho em plena pandemia se abrir um procedimento como esse, pois há decreto da lavra do Governador e do Prefeito que suspendem essas atividades. Esse é o preço de não se curvar. O tempo trará a melhor resposta.

O que a Comissão e o próprio Prefeito, esqueceram foi de checarem as informações em face de Gilberto, que fez cópia de todo o procedimento que já respondeu e fora inocentado no âmbito administrativo formando-se coisa julgada formal constando todo o procedimento nos autos do processo judicial movido pela Promotoria, que ainda será apreciado pelo poder judiciário.

Naquela época por perseguição, a Promotora de Justiça, Eliane Misae, representou Gilberto por improbidade, em virtude de suposta viagem para a faculdade, sendo que este já se manifestou e comprovou nos autos do processo judicial serem inverídicas as informações. A ação entrará em julgamento pelo Juízo da Vara Cível da Fazenda Pública de Senador Guiomard.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *