PF verificou Vereador Cleilton Nogueira tratando possivelmente de dinheiro que saia da Prefeitura

No dia 13 de dezembro do ano de 2018, pela parte manhã o vereador Cleilton Nogueira Cavalcante foi acordado em sua residência por Agentes da Polícia Federal que cumpriam mandado de busca e apreensão, de ordem proferida pelo Desembargador Laudivon Nogueira.

Na residência do vereador, segundo relatou os Agentes da Polícia Federal, o celular do alvo foi apreendido e estes fizeram constar o seguinte relato:

“(…)Foi encontrada uma conversa, pelo aplicativo wattsapp, possivelmente tratando de repasse de parte dos vencimentos recebidos da Secretaria Municipal de Planejamento por Joaquim Ferreira da Silva Neto ao vereador Cleilton. Em análise preliminar das conversas via aplicativo de mensagens, wattsapp, foi encontrado, como já citado, conversa relevante para a investigação (…)”.

Documento foi lavrado pela Polícia Federal no Acre.

Para o Delegado da Polícia Federal essa é a prova inconteste que havia pagamento que saia da Prefeitura e era devolvido aos vereadores acusados, pelo próprio Prefeito André Maia.

O outro lado

O vereador Cleilton Nogueira não foi localizado para comentar os fatos constantes da matéria do Portal Quinari. Aos amigos, familiares e apoiadores ele vem declarando ser inocente. Até o presente momento, a fala dele é no sentido que as investigações são uma armação e que é inocente.