Órgão de defesa do consumidor deverá visitar urgente estabelecimentos comerciais do Quinari

PROCON deverá fiscalizar comércios do Quinari quanto ao atendimento. População alega que alguns setores deixam a desejar.  

O Programa de Defesa do Consumidor deverá fazer nos próximos dias visitas educativas nos estabelecimentos comerciais do Quinari, sendo em primeiro lugar para alertar e na segunda oportunidade multar aqueles que descumprem o diploma de proteção ao consumidor. 

Há relatos que estaria havendo cobrança extra de valores quando as compras são efetuadas no cartão, tudo isso devido a taxa ou mesmo demora para que o dinheiro caísse na conta de alguns comerciantes.

Outra denúncia se refere ao atendimento de bares e lanches no final de semana. Um morador do Quinari fez um pedido e esperou por mais de 2h o pedido chegar, fazendo ligações ao local da solicitação as chamadas eram encaminhadas para a caixa de mensagem.

Fato é que os abusos no Quinari acontecem há anos e até agora o órgão de proteção ao consumidor não atuou no município. O Código se Defesa do Consumidor protege a parte mais fraca da relação consumerista, o consumidor, inclusive com inversão do ônus da prova, todavia um considerável número de estabelecimentos do Quinari ousam brincar de atender aos munícipes.