Motoristas, monitores, conselheiros tutelares tem bondade do executivo e do legislativo em único dia

Conselheiros, monitores e motoristas comemoram aprovação das matérias na Câmara dos Vereadores.

Os motoristas, monitores de ônibus e conselheiros tutelares tiveram a terça-feira, 14, feliz com a aprovação de bondades que vai de reajuste de salários, a inclusão no Plano de Cargos e redução de carga horária.

Motoristas, monitores reunidos com Prefeito na Secretaria Municipal de Educação.

Um erro constante dos trâmites burocráticos deu posse para os profissionais motoristas com jornada de 40h semanais. No caso especifico destes profissionais, o plano consta que são 30 horas de trabalho, no entanto, não estavam inseridos em tabelas de progressões salariais do Plano de Cargos Carreiras e Remunerações – PCCR. Os monitores, categoria relevante no transporte escolar e de responsabilidade para com a vida dos alunos também não constavam do plano. O Prefeito André Maia em constante diálogo com a categoria, representada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação – SINTEAC, através de sua dirigente a professora Duce Barbosa e os profissionais acordaram pela redução da carga horária dos motoristas, entrada no plano e inserção dos monitores na carreira dos profissionais de educação.

O conselheiros tutelares do município tiveram na legislatura passada uma redução brusca em suas remunerações. Um projeto do executivo foi enviado para a a Camara e aumentou o salário para mais de R$ 3.000,00 , sendo considerada como uma espécie de correção pelos vereadores que usaram a tribuna.

O processo legislativo de ambas as matérias deu entrada na Câmara Municipal, os prazos foram respeitados pelas comissões e os vereadores aprovaram por unanimidade as duas que segue para sanção do Prefeito.