Juiz Afonso Braña Muniz, titular da fazenda pública da Comarca de Senador Guiomard.

O Juiz da Fazenda Pública da Comarca de Senador Guiomard Afonso Braña Muniz acaba de negar o pedido judicial do Secretário de Comunicação Zezinho Avelino em face do Presidente da Câmara Gilson da Funerária (Progressistas) no qual pedida a indisponibilidade dos bens do vereador e ainda bloqueio do recurso do duodécimo da Câmara.

Vereador Gilson da Funerária -PP.

Avelino na atualidade é Secretário de Comunicação Social da Prefeitura de Senador Guiomard e ao mesmo dono do Jornal Quinari Notícias. Gilson da Funerária optou por ser oposição a possíveis atos de improbidade da atual gestão, porém Avelino sabendo disso vem criando ações e levando a justiça, na ânsia ao que fica evidente de barrar a fiscalização realizada pelos vereadores.

O Secretário de Comunicação Zezinho Avelino.

Em contato com o Presidente da Câmara, ele disse que ainda não recebeu a decisão, porém comemorou a notícia. “Tudo que estiver ao meu alcance para ser transparente, e atender a justiça eu farei, essa decisão chega em um bom momento, pois eu acredito no Ministério Público e no Poder Judiciário, que já entenderam os motivos pelos quais este senhor ajuíza ações contra nosso trabalho”, comentou Gilson da Funerária.

Na decisão o juiz julga extinta a ação popular sem resolução de mérito. E aplica alguns conceitos jurídicos que leva à entender que o “judiciário não será levado as disputas e confrontos políticos”.