Dinheiro não viram, calcinhas subiram: Dois da base votam contra o Prefeito

Dois membros da base aliada votam contra o prefeito. Nos bastidores há quem use o termo "dinheiro não viu, calcinha subiu".

Parece que chegou ao fim a lua de mel entre o Prefeito André Maia e seus principais aliados, o vereador Uchoa, seu ex-líder na Câmara e a vereadora irmã Chaguinha que até esses dias endeusava André Maia e afirmava na tribuna que o prefeito estava de “parabéns”.

Em relação a Chaguinha, membros da situação e oposição já lhe atribuía nos bastidores conduta duvidosa, pois logo após alguns meses do fim da gestão do ex-prefeito James Gomes, da qual ela fez parte, já estava a fazer críticas.

A novidade ficou por conta do bacharel e pastor Dioclécio Uchoa que votou com a oposição para alteração da lei orgânica do município, reduzindo o prazo de licenciamento do prefeito em caso de viagem, devendo em 24h o vice-prefeito assumir.

Nos bastidores já há quem fale aquele velho termo “dinheiro não viu, calcinha subiu” em relação a postura promíscua de vereadores. Não é de hoje que a prática da barganha política acontece no Quinari, e enquanto isso, assuntos importantes do interesse coletivo seguem sem serem debatidos.