Desentendimento entre Controlador e Procurador pode ter ocasionado saída de Raimundo Dias Paes

Na última semana Portal Quinari noticiou que o Procurador Juridico da Prefeitura havia manejado uma Ação Direta de Inconstitucionalidade de Lei já apreciada pelo Tribunal Pleno do TJAC.

Logo, a chefe de Gabinete divulgou em suas redes uma despedida do procurador Raimundo Dias Paes que inclusive fez um requerimento em 2019 para que André Maia retomasse a Prefeitura.

Dias Paes é homem de confiança do Advogado Valdir Perazzo Leite, considerado o que “salvou o mandato de Maia e o fez retornar a Prefeitura”.

Informações dão conta que Dias não foi exonerado pela questão jurídica da Ação Direta de Constitucionalidade e sim pelos constantes desentendimentos entre ele e o controlador Giordano Simplício Jordão. Segundo a fonte, os debates ganharam tons assustadores.

O prefeito André Maia e o Procurador Raimundo Dias Paes.