Atualizada a Coluna de Olho em 04/04/2018

Estudos sobre raios e trovões

Que o Acre através de seus centros de pesquisas deve acompanhar os rios, não restam dúvidas. Além desse monitoramento, precisa ser pensado a possibilidade de acompanhar as questões de meteorologia, especial sobre raios, relâmpagos e trovões. Tem sido comum raios na região, inclusive danificando equipamentos, gerando prejuízos. A concessionária de Energia, no caso a Eletrobrás, também precisa fazer uma revisão em seus equipamentos de proteção a esses incidentes.

Mandato manipulado??

Que a vereadora Francisca Macedo poderia fazer um bom mandato, se ouvisse o seu fiel escudeiro Alcy Brito e outros como Marcelo Conselheiro Tutelar e o professor Fittipaldy, não restam dúvidas que faria. Agora seus colegas estão espantados pelo fato dela ser de uma escolinha arcaica e ultrapassada, que só pensa em seus parentes, inclusive com um integrante desse círculo próximo a devolver dinheiro por não trabalhar.  Alguns correligionários do PT de Francisquinha dizem que ela é da “escolinha” e deverá deixar o partido.

Encontro casual

Tivemos a chance de encontrar prefeito André Maia. Na conversa nossa reportagem conversou com o mesmo, e ele explicou algumas dificuldades na gestão, inclusive pontuando alguns erros de sua equipe, que podem e deverão ser corrigidos. Maia está entendendo o que os prefeitos sofrem para administrar suas cidades. Hoje a maioria das cidades são dependentes dos repasses federais. Quinari não é diferente.

O sonho dele é ser jornalista

Que o professor Manoel Lima tinha um sonho de ser jornalista, juntamente com seus principais aliados, não restavam dúvidas. No entanto, faltou para o professor o dom do jornalismo. Alguns atrevidos se perguntam onde Manoel ministra suas aulas. Essa coluna explica, que em vez de ser professor, ele ficou à disposição do gabinete do Prefeito, o que é comum nas gestões.

SEDENS e suas mentiras

O vereador Gilson da Funerária disse que a Secretaria de Indústria, Desenvolvimento e Comércio até agora não cumpriu com as principais promessas de desenvolvimento tão propagadas no município. A exemplo a ZPE e o Complexo de Piscicultura que se materializou, porém nas cheias do Rio Iquiry os Peixes fogem. Não mentiu o vereador, apenas disse a verdade.

Mudar a cultura

Alguns profissionais da educação municipal deixaram a ética de lado há muito tempo. Como exemplo, achar que são donos de escola, rejeitarem alunos especiais e alguns professores até usarem redes sociais para propagarem mentiras. Ocorre que a atual gestão precisará reduzir a quantia de ano do mandato dos diretores de escolas, exigir produtividade dos gestores e a correta aplicação dos recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola – PDDE. Acredito que o Ministério Público pode junto com a Secretaria Municipal de Educação, acompanhar de lupa a aplicação desses recursos.